segunda-feira, 27 de julho de 2009

Os segredos do Pai Nosso



clique aqui para fazer o download de "Os segredos do Pai Nosso", de Augusto Cury.

Tamanho:56,86 MB


Voz: Fernanda

"Nota do segundo livro
No primeiro livro, Os segredos do Pai-Nosso - A solidão de Deus, investigamos, com o olhar da psicologia e da filosofia, os fascinantes e misteriosos fenômenos ligados às características da personalidade de Deus e suas necessidades psíquicas fundamentais. No segundo livro, Os segredos do Pai-Nosso, que será lançado em 2007, veremos a parte humana. Ela se inicia a partir da análise da frase "O pão nosso de cada dia nos dá hoje". Aqui, o Mestre dos Mestres começa a abordar os fenômenos ligados às nossas necessidades psíquicas e algumas características fundamentais da personalidade humana. É fenomenal observarmos que Jesus começou a comentar nossa psique não apontando erros ou falhas, mas falando da nutrição da emoção e da inteligência. Era necessário ingerir o pão diário, objetivando fazer de cada dia um momento solene. Que pão era esse? O pão do diálogo, da humildade, da segurança, da sabedoria, da arte de pensar antes de reagir, o pão capaz de transformar a vida numa experiência única. Vivemos em sociedades famintas, ainda que industrializadas. Muitos mendigam o pão do prazer e da tranqüilidade, pois estão desnutridos no único lugar em que deveriam estar satisfeitos e saudáveis - no teatro de suas mentes. Após tocar na nutrição da personalidade, na famosa oração do Pai-Nosso, Jesus discorre sobre os conflitos e as frustrações que inevitavelmente vivenciamos nas relações sociais. Como artesão de uma nova sociedade, ele nos estimula a conhecer a arte da tolerância, do perdão e da compreensão do outro. Irriga, portanto, nossa trajetória com suavidade. No terceiro momento, ele penetra em camadas mais profundas da mente humana e fala do eu doente e do eu saudável. Aborda a necessidade de sermos líderes de nós mesmos, autores da nossa história. A oração do Pai-Nosso, tão serena, continua a ser incendiaria, tão singela e, ao mesmo tempo, tão provocante. Faz-nos um convite para penetrarmos no mais sutil e complexo dos territórios, aquele que nos tece."

Nenhum comentário:

ebooks evangélicos

Meu MSN

Arquivo do blog